Últimas notícias
CRICIÚMA Previsão do Tempo

Arquidiocese de São Paulo reage à tentativa de criminalizar padre Júlio com CPI: ‘Perplexidade’

A Arquidiocese de São Paulo divulgou nota em que manifesta “perplexidade” sobre a iniciativa da Câmara paulistana de instalar uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) que investigaria, entre outros temas, a atuação do padre Júlio Lancellotti. “Perguntamo-nos por quais motivos se pretende promover uma CPI contra um sacerdote que trabalha com os pobres, justamente no início de um ano eleitoral”, diz a entidade em nota.

O pedido foi feito em dezembro pelo vereador Rubinho Nunes (União), corregedor reeleito da Câmara e ex-integrante do Movimento Brasil Livre (MBL). O requerimento não nomina nenhuma ONG especificamente, mas o parlamentar citou duas entidades (Centro Social Nossa Senhora do Bom Parto e Craco Resiste), além da atuação do padre Júlio.

A Arquidiocese lembra ainda que ele não é um parlamentar, mas vigário episcopal para o povo de rua. Assim, “exerce o importante trabalho de coordenação, articulação e animação dos vários serviços pastorais voltados ao atendimento, acolhida e cuidado das pessoas em situação de rua na cidade”. Na nota, a instituição reitera “a importância do trabalho da Igreja junto aos mais pobres da sociedade”.

A Câmara volta do recesso em fevereiro. O pedido do vereador passará pelo Colégio de Líderes.

Gostou da notícia então compartilhe:

4 respostas

  1. Very great post. I simply stumbled upon your weblog and wanted to mention that I have truly loved surfing around your weblog posts. After all I will be subscribing to your rss feed and I hope you write again very soon!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias relacionadas

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis